sábado, 29 de março de 2008

A loucura do Galo

É triste ficar sabendo que, no ano em que completa 100 anos de existência, o Atlético Mineiro tenha parte da sua torcida ostentando a figura de um apoiador do nazismo como símbolo.

O pessoal da Galoucura só poderia estar louco quando decidiu idolatrar o ditador boliviano René Barrientos (1964/69). O homem que matou Che Guevara foi homenageado por meio de bandeira, camisas e funk.

Barrientos também empregou ao criminoso nazista Klaus Barbie como assessor do serviço de inteligência da Bolívia.

Leia no blog do Edvaldo.


4 comentários:

Leandrius disse...

René Barrientos Ortuño, cidadao honrado, que acabou com a carreira de crimes, de um tal Che, quem era Che? Argentino, moleque, assassino, torturador, agitador, traidor da patria, esse vagabundo ainda é idolatrado, como?

coordenação do Movimento cívico e voluntário Ética Já! disse...

Parabéns Renê Barrientos! Matou o maior lixo da história do mundo, Che Gue Vara (assassino, torturador, agitador, traidor da patria, esse vagabundo!) Vocês, esquerdopatas Vocês pregam ódio, antiamericanismo doentio, xenofobia, mas defendem Hugo Chávez, Mahmoud Ahmadinejad e Kim Jong-il. Fooora coitadistas, inimigos da liberdade, inimigos da meritocracia! Parabéns Galoucura!

ʚïɞ NOVAMENTE NA ATIVA ♥ disse...

E ISSU MESMO ESSE CHE QUEVARA NAO FOI E NUNCA SERA NINGUEM
BONDE DO RENE NA PISTA MESMO E NOISSSSSSSS

PIT_BULL disse...

VC NÃO TÁ ENTENDENDO CARA,NÃO É NADA D NAZISTA NÃO NEM DITADURA,É PQ AS MARIAS ADOTARAM O CHE KER VARA COMO SEU IDOLO,NOS POR PURA RIVALIDADE ADOTAMOS KEM O MATOU,RENÉ BARRIENTOS TÁ LIGADO!!TOG ZONA NORTE!!!AÍ,ANTES DE FALAR MAL DE NÓS FK SABENDO QUEM SOMOS SEU TROXA E É BOM NÃO COLAR AKI EM MINAS + FALO?!!