quinta-feira, 3 de abril de 2008

O homem da corrente
Ano passado, agricultor Raimundo Modesto da Silva acorrentou-se durante vários dias em frente ao Ministério Público Federal (MPF). Protestava contra o não pagamento de uma dívida, que, segundo os seus cálculos, ultrapassa os R$ 500 mil.

Hoje pela manhã, ele escolheu outro lugar para se acorrentar. Pegou o seu rádio de pilha e foi para frente do Tribunal de Justiça.

Quando do primeiro protesto, a imprensa deu cobertura. Leia aqui para entender o caso.

A foto é de Damião Castro.



4 comentários:

Dumuro disse...

See please here

JURA disse...

Alguem sabe onde encontrar este senhor??? (telefone, endereço....)

JURA disse...

Alguem sabe onde encontrar este senhor??? (telefone, endereço....)

Thainara Felix disse...

boa tarde , ate hoje não foi resolvido nada estou com o contato do senhor Raimundo 69 992881524